Os tipos de ONGs (Fundações, OSC, OSCIPs e outros)

veja os Tipos De Ongs

Em primeiro lugar, para entender quais são os principais tipos de ONGs, temos que saber como elas são caracterizadas. As ONGs são organizações não governamentais que compõem o time do Terceiro Setor. Dessa forma, elas são categorizadas de acordo com diversas características. Construindo uma linha de raciocínio, a Ink Inspira trouxe esse artigo para explicar algumas definições. Continue a leitura e entenda!

 

O que é o Terceiro Setor?

O Terceiro Setor é o setor produtivo público não-estatal e não-governamental ou comumente conhecido como “setor sem fins lucrativos”.

 

O que são ONGs?

As ONGs são Organizações Não Governamentais que compõem o time do Terceiro Setor. Elas são categorizadas de acordo com diversas características que iremos tratar neste artigo.

 

Entretanto, antes de apresentarmos cada uma delas, é importante compreender que as ONGs podem ser constituídas como uma Associação ou Fundação. Ambas não são geridas pelo Estado e não são empresas comerciais.

 

Seu maior objetivo é suprir as deficiências dos governos em resolver os problemas sociais. São, portanto, organizações advindas da sociedade organizada, com a finalidade de ajudar. Assim, elas conseguem dar suporte e administrar recursos públicos ou privados, gerindo programas e projetos sociais de interesse público que causem impacto positivo.

 

Para contextualizar: a Ink, por exemplo, não é uma ONG. A Ink é uma empresa social que presta serviços para organizações não governamentais, sejam Fundações ou Associações.

 

Estruturas e categorias para os tipos de ONGs

De portes diversos, as ONGs se estruturam e desenvolvem suas atividades conforme o foco de interesse, objetivos e abrangência. Sobretudo, consideram o impacto que desejam criar. As áreas possíveis de atuação são:

  • – assistência social;
  • – cultura;
  • – saúde;
  • – meio ambiente;
  • – desenvolvimento e defesa de direitos;
  • – habitação;
  • – educação e pesquisa.

 

Seus idealizadores devem definir:

  • – Qual problema social é necessário enfrentar?
  • – Qual o impacto social pretende gerar?
  • – Como alcançar o impacto necessário?
  • – Que recursos precisaremos dispor?

 

Com a instituição do Marco Regulatório do Terceiro Setor (2014), as ONGs passam a ser chamadas de OSC (Organização da Sociedade Civil). Conforme sua estrutura e o forma como são geridas, os diversos tipos têm denominações diferentes:

 

1 – Fundação

Esse é um dos tipos de ONGs que são criadas a partir de um patrimônio doado por uma pessoa física, uma família ou uma empresa. A doação pode ser em vida ou por testamento. O bem é transferido através de uma escritura pública. Sua constituição precisa ser validada pelo Ministério Público Federal.

 

2 – Organização da sociedade civil

É uma organização criada a partir da associação de duas ou mais pessoas que, por manifestação da vontade, se unem em torno de um objetivo e interesse social. Essas pessoas formalizam a finalidade da associação através de um Estatuto que, após ser aprovado em Assembleia, será registrado em Cartório. A OSC deve se registrar como se fosse uma empresa, constituindo CNPJ, junto à Receita Federal e todas as demais formalidades nos diversos órgãos Federal, Estadual e Municipais.

 

3 – Cooperativa 

As cooperativas também são associações sem fins lucrativos, que se unem com o objetivo de que seus serviços sirvam aos seus associados. Elas formalizam sua união através de uma assembleia constitutiva, que deve ser registrada em Cartório.

 

4 – Instituto empresarial

Os institutos empresariais são tipos de ONGs criados por empresas privadas com o objetivo de operar ações de responsabilidade social corporativa ou filantrópica. Juridicamente, são fundações ou associações.

 

5 – OSCIP

A Organização da Sociedade Civil de Interesse Público é uma associação que recebe este título/certificado do Ministério da Justiça do Brasil. Ele é dado pelo reconhecimento de sua idoneidade na condução de sua finalidade, como uma organização não governamental, sem fins lucrativos, que desenvolve e gere programas e projetos sociais. Este certificado credencia a associação a firmar convênios e parcerias com todos os níveis de governos e órgãos públicos (federal, estadual e municipal). Além disso, também recebe doações de empresas privadas que poderão descontá-las em seus impostos de renda. Seus dirigentes podem ser remunerados.

 

6 – OS

Uma Organização Social é uma pessoa jurídica de direito privado, sem fins lucrativos. Suas atividades se destinam à cultura, ao ensino, à pesquisa científica, à saúde, ao desenvolvimento tecnológico, à proteção e preservação do meio ambiente. Ela recebe determinados benefícios do poder público  como dotações orçamentárias e  isenções fiscais, por exemplo. 

 

7 – Entidade beneficente de assistência social

Denominada CEBAS, as entidades beneficentes recebem um certificado do poder público federal para atuarem na assistência social. Elas prestam serviços nas áreas da saúde, educação e assistência social. São isentas de contribuição para a seguridade social (INSS). Podem celebrar convênios com o poder público e outros benefícios.

 

8 – Negócio social

Para finalizar, os negócios sociais são tipos de ONGs que atuam como empresas privadas que gerenciam seus negócios para a obtenção de lucro. Entretanto, em seu objeto social, essas direcionam suas atividades para oferecer soluções para problemas sociais, gerando impacto positivo. Distinguem-se das empresas puramente lucrativas, pois possuem o lucro como meio e o impacto como fim. Não existe uma legislação específica no Brasil para a constituição deste formato de empresa. Sua formalidade constitutiva é como uma empresa comercial como as demais.

 

Conte com a Ink Inspira!

Se você quer começar a entender como criar uma ONG e pensar no planejamento estratégico dirigido ao impacto, inscreva-se no Curso de Teoria da Mudança. Agora se quiser aprender as melhores práticas em gestão de projetos e programas sociais, veja mais sobre o Curso de Gestão de Projetos. Mas, se você quer entender como medir e avaliar impacto social, matricule-se agora mesmo no Curso de Avaliação de Impacto.

 

Desenvolvemos profissionais e organizações sociais para mudar o mundo com projetos estratégicos e eficientes. Além disso, também oferecemos consultoria e mentoria. Nosso objetivo é deixar a sua empresa apta com soluções customizadas em consultoria impacto social de acordo com suas necessidades. Fale com a nossa equipe

 

Disponibilizamos ferramentas de gestão estratégicas e de alto nível. Baixe agora o material disponível!